Faça o seu cão parar de pular

Faça o seu cão parar de pular.

Diversos motivos podem contribuir para que o seu amigão pule em você ou nas visitas.

Ele pode pular por alegria a sua chegada, buscando algum tipo de recompensa ou por dominância.

Bom tem algo errado e uma coisa está faltando. A sua autoridade como líder de matilha.

Mas tenho uma boa notícia, esse problema tem correção.

O primeiro passo é estabelecer a sua liderança…

O seu cão deve entender que o que está fazendo é errado.

Plano A- Quando ele estiver preparado para saltar vire o corpo e deixe-o saltar no vazio, não diga nada e também não faça nenhum tipo de contato visual.

Plano B- Caso o malandrinho seja muito rápido e você não consiga desviar, diga “não” e tire ele de perto levantando uma das pernas dando uma leve joelhadinha. Diga o comando “senta” ou o comando “deita”, para que ele comece a entender qual é o comportamento correto. Em seguida recompense seu comportamento.

Plano C- Assim que o cão pular em você, segure firmemente as duas patas e comece a andar para frente e para os lados. Faça com que essa brincadeira de pular fique extremamente chata para ele. Solte quando ele estiver bem incomodado. Dessa forma ele irá ficar desestimulado a pular em você e nas visitas.

O importante é fazer o cão entender o que é certo e o que é errado.

Sempre recompense o comportamento desejado.

Problemas de comportamento canino não cessam de uma hora para outra, portanto não fique irritado se ele não parar de pular. Continue praticando até ele entender.

Monitore-se! Procure não confundir a cabeça do seu cão dando carinho quando ele pular e depois “se lembrar” que está fazendo a coisa errada.

Seja firme, de agora em diante não aceito mais que pule.

Mostre a todos da casa como se faz, pois não vai adiantar nada se todos não cooperarem.

Mãos à obra e boa sorte!!!

Ricardo Tamborini-Adestrador e Especialista em Comportamento Canino

Posted in Comportamento Canino and tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , .

Gostou desse artigo? Deixe o seu comentário!

Deixe o seu comentário!