10 coisas que talvez você não sabia sobre o seu cachorro

10 coisas que talvez você não sabia sobre o seu cachorro

10 coisas que talvez você não sabia

10 coisas que talvez você não sabia

Matéria publicana no Portal ParanaShop – Clique aqui!
Fonte de entrevista – Ricardo Tamborini – Adestrador e especialista em comportamento canino

Os cachorros são nossos companheiros para todos os momentos.

Você sabe bastante coisa sobre os gostos de seu peludo: onde ele gosta de ganhar carinho, qual o tipo de petisco que ele gosta de devorar e quão longe ele quer que você jogue a bolinha durante uma brincadeira.

Os cachorros nos ensinam muitas coisas, mas o quanto você sabe sobre a forma de pensar do seu melhor amigo? Provavelmente, existem itens que você não sabe como seu cachorro pensa de fato.

O especialista em comportamento canino, Ricardo Tamborini, lista 10 coisas que você provavelmente não sabia sobre o seu cachorro:

1) “Meu cachorro destruiu o sofá para me punir porque o deixei sozinho o dia inteiro”.

A verdade: Vingança exigiria raciocínio além da capacidade canina. Uma explicação melhor: a solidão causa ansiedade e o cão extravasa latindo, mordendo e destruindo
objetos.

2) “Ele está com o rabo entre as pernas porque sabe que fez coisa errada e se sente culpado”.

A verdade: Cães não sentem culpa. É a experiência que o leva a associar lixo espalhado com bronca e dono nervoso.

3) “Vou viajar por três semanas e tenho medo que o meu cachorro sinta saudade”.

A verdade: Tanto faz uma ou três semanas, pois a noção de tempo do cão é limitada. Ele se desespera no começo, pois percebe a ausência, mas depois tende a se acostumar.

4) “O cão fez xixi no meu travesseiro por desaforo porque eu lhe dei uma bronca”.

A verdade: Não se trata de desaforo. O xixi serve para demarcar território. Como o animal se sente desafiado, deixa seu cheiro num lugar onde quem o puniu passe muito tempo.

5) “Ele sabe quando eu estou triste ou deprimido. Até parece que consegue ler meus pensamentos”.

A verdade: O cão é especialista em detectar mudanças na expressão, no tom de voz, no cheiro e nas atitudes humanas. Mas só o homem é capaz de avaliar o pensamento alheio.

6) “Ele entenda tudo o que eu falo”.

A verdade: Um cão pode aprender duas centenas de expressões. É só. Não entende frases complexas e, obviamente, não tem noção de sintaxe.

7) “É preciso esfregar o focinho do cachorro na bagunça (ou no xixi) e bater nele ou gritar para que aprenda a não fazer mais isso”.

A verdade: A punição só tem efeito se o cão for pego em flagrante. Ele é incapaz de associar a bronca com o ocorrido horas depois de ter aprontado. E bater não resolve o problema!

8) “Ele adora ver filmes e novelas na TV”.

A verdade: O barulho e as imagens atraem a atenção do cão, em geral por pouco tempo. Mas ele tende a imitar o comportamento humano e, se os donos elogiarem, sente-se estimulado a continuar diante da TV.

9) “Ele ficou agressivo desde que eu trouxe outro filhote para casa. Está com ciúme e tem medo de que eu não goste mais dele”.

A verdade: O cão protege seu território e disputa a atenção dos donos. Isso o faz ficar mais agressivo.

 

10) “Meu cão é muito vaidoso, sente-se bonito quando toma banho e coloca uma roupa nova. Se a gente não elogia, fica chateado”.

A verdade: Um cão conhece o próprio cheiro, mas é incapaz de reconhecer sua imagem no espelho. Ele não vai se achar feio ou bonito. O que o deixa contente são os elogios e afagos humanos.

Confira mais dicas de Ricardo Tamborini em www.ricardotamborini.com.br    

 

Veja essa matéria direto no Portal ParanaShop – Clique aqui!

 


Veja outras matérias

Posted in Matérias e entrevistas and tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , .