Bom convívio entre crianças e animais de estimação

Bom convívio entre crianças e animais de estimação

Bom convívio entre crianças e animais de estimação

Bom convívio entre crianças e animais de estimação

Adotar um animal pode ser muito proveitoso, caso tenha algumas precauções.

Ter um animal de estimação em casa alegra a energia da família, e também pode ser muito benéfico para os primeiros estágios da vida dos pequenos.

Segundo um estudo da Universidade de Melbourne, crianças que tiveram animais domésticos até os cinco anos de idade apresentam um sistema imunológico mais resistente do que as demais.

Além disso, a Agência de Pesquisa e Assistência Médica do Governo dos Estados Unidos mostrou que esse convívio auxilia no desenvolvimento social e na melhora da autoestima das crianças, ensinando-as a ter responsabilidade, empatia e respeitar o próximo.

Na grande maioria das vezes, os cães são os mais acostumados a brincar com os menores, mas essas brincadeiras requerem alguns cuidados especiais.

Por isso, confira a baixo sete dicas de Ricardo Tamborini, adestrador e especialista em comportamento canino, colunista do blog Holipet de cuidados animais, de São Paulo (SP), para ensinar cachorros e crianças a conviverem um com o outro.

Por mais educadas que sejam as crianças, elas ainda não tem noção sobre algumas coisas.

Em certo momento, é possível que ela demonstrem seu carinho apertando o pescoço ou puxando os pelos dos cães.

É essencial deixar claro ao seu filho que ele não deve brincar dessa maneira;

Ensine a criança a não se aproximar dos animais enquanto eles estiverem comendo ou dormindo. Nessas situações, ele pode se sentir intimidado por ter seu espaço invadido;

Primeiro procure familiarizar o cachorro – seja ele adulto ou filhote – com você e o ambiente, para só depois apresentá-lo a criança;

Sempre que o animal se comportar bem, recompense-o com carinho e petiscos “Assim como o brinquedo, a comida ou o passeio, o petisco é um prêmio por ele ter sido obediente”, afirma. E repreenda-o se ele começar a correr ou fazer brincadeiras agressivas, como morder ou pular na criança;

Na hora de advertir o cão, coloque algumas moedas dentro de uma lata de forma que faça barulho ao chacoalhar. No momento em que o animal agir de maneira violenta, dê uma bronca dizendo repetidamente a palavra “não”, ao mesmo tempo, mexa a lata para fazer bastante barulho. Isso inibe os maus hábitos;

Inclua o cão na rotina da família e principalmente nas brincadeiras. Isso deixa a convivência mais feliz e ainda ajuda a criar um vínculo entre o animal e as crianças.

A convivência diária de forma harmoniosa entre cães e bebês, faz com que os vínculos afetivos se estreitem, e o apego psicológico e emocional fiquem a cada dia mais fortalecidos”, explica;

Mesmo vigiando o cachorro para que ele não pule nas crianças, isso pode acabar acontecendo. Por isso, é sempre importante deixar as unhas do animal bem cortadas.

Fonte: Ricardo Tamborini é adestrador e especialista em comportamento canino

www.ricardotamborini.com.br

 

Confira essa matéria no site da Revista Pense Leve  – Clique aqui! 

 


 

Veja outras matérias

Posted in Matérias e entrevistas and tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , .