Xixi no lugar certo

Xixi no lugar certo .

Xixi no lugar certo .

Xixi no lugar certo – Dicas de como ensinar seu cachorro

Existem diversos motivos que fazem com que seu cãozinho faça as necessidades em locais que você não deseja.

Chamar a sua atenção, estresse, marcar território e o principal, por simplesmente por não saber qual é o local correto. A facilidade que um filhote tem nesse aprendizado é bem maior comparado a um cão adulto.
Mas ao contrário do que muitos dizem, um cão mais velho pode sim aprender novos truques.

Confira abaixo algumas dicas para você ensinar o seu cachorro a fazer xixi no lugar certo.

Escolha um local que você deseja que seja o banheirinho.
Coloque algumas folhas de jornal ou tapete higiênico (encontrado com facilidade em Pet Shops).
Como os cães tem o olfato muito apurado, use como atrativo um pouco da própria urina dele (a).
Umedeça uma das folhas de jornal ou o tapete higiênico com um pouco da urina. Isso fará com que ele assimile que ali é o banheirinho dele.

Limpar bem o piso da casa com desinfetante é muito importante para eliminar adores que podem confundir seu cão. O próximo passo é monitorar seu cão nas horas em que ele vá se aliviar, normalmente após beber água ou se alimentar. Fique observando a distância.
Caso ele faça no lugar certo, elogie dizendo muito bem e faça aquela festa (petiscos ajudam no reforço e deixam a experiência ainda mais prazerosa e positiva).
No entanto se ele fizer no local errado, o repreenda!
De uma boa bronca, diga não e faça algum tipo de barulho (garrafas pet ou latinhas com moedas auxiliam muito no barulho).
Experiências negativas ou frustrantes desestimulam os cães. Experiências neutras ou positivas os estimulam.

Esse é um trabalho psicológico (experiências positivas e negativas).
Tanto as broncas quanto os elogios só podem ser dados na hora exata do ato (acerto ou erro).
Minutos depois ele (a) não irá saber o porquê está levando a bronca.
Quanto mais oportunidades surgirem para elogiar ou repreender seu pet mais rápido você obterá o resultado.
A prática se torna um hábito!

Aproveitem as dicas e Boa Sorte.

Fonte: Ricardo Tamborini – Adestrador e especialista em comportamento canino